ALTOMINHO EDUCARE - 1º Momento | LIBERDADE E CONFINAMENTO. O IMPACTO NA COMUNIDADE E AS ESTRATÉGIAS DE RESILIÊNCIA /Plataforma Zoom /Youtube

05-04-2021

ALTOMINHO EDUCA CARE

Inquietações, Educação, Saúde e Bem-Estar

A Cuidar da Comunidade Educativa

Workshops| Talks | Dicas |Atividades

De Abril a Julho de 2021

Desde março de 2020 a pandemia COVID-19 impôs uma nova ordem, um novo ritmo à Humanidade. Nunca na história se verificou um confinamento à escala mundial, acarretando o uso de máscaras e do gel, o distanciamento físico, o medo da infeção, a crise económica, a incerteza e o medo no futuro. Hábitos e rotinas familiares e sociais sofreram um impacto significativo. As visitas à família e aos amigos foram substituídas por videochamadas. O teletrabalho, ganhou terreno e muitas empresas encerraram por tempo indeterminado. A educação foi convocada a singularizar-se, reinventando-se e buscando novas possibilidades, através do uso das tecnologias digitais e de ambientes virtuais de aprendizagem. A ansiedade, a angústia, o stress, o “burnout” tornaram-se a face visível de uma saúde mental profundamente afetada.

Neste contexto, a iniciativa Alto Minho EDUCA CARE”, tem por objetivo, ajudar a compreender a nova realidade em que vivemos, cuidando da saúde física e mental da comunidade educativa, abrindo caminhos à resiliência e esperança face a um futuro marcado pela incerteza, de forma a:

i) proporcionar a reflexão sobre os desafios e inquietações do teletrabalho e do ensino à distância;

ii) reforçar hábitos de atividade física e nutrição saudável, auxiliando a gestão do impacto dos efeitos secundários do isolamento e da pandemia, num tempo em que o exercício da cidadania se determina.

Para o feito, serão convocados especialistas nacionais e estrangeiros de diferentes áreas (tecnologia e inteligência artificial; educação e parentalidade; sociologia e psicologia; be estar físico e mental; nutrição saudável; cultura e entretenimento), que integrarão, Workshops, Ações de capacitação, Webinar, “talks” e outras iniciativas, numa vertente maioritariamente online ou presencial caso o desconfinamento o permita

24 de Abril